Na Hipocrisia do mundo você se descobre,
e, se encontra, quando vive um grande amor
Vicente Alencar

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

A PRIORIDADE SEM PRESTÍGIO - Rui Martinho Rodrigues

A PRIORIDADE SEM PRESTÍGIO
O Brasil se preocupa com problemas dos mais relevantes: juros, crescimento da economia, emprego, contas públicas, previdência, pesquisa científica e etc. O morador da periferia tem outra preocupação, tem outra prioridade: segurança. Quem mora em condomínio, fora das áreas dominadas pelas facções, anda em transporte próprio, ainda que não seja blindado, não sente a gravidade da insegurança reinante. Corre o risco de assalto e morte, mas não teme ser despejado da própria residência.
Os despejos ou a mudança forçada pela insegurança revelam a perda de soberania do Estado Brasileiro. A legitimidade do Estado encontra limite no respeito a vida e a propriedade, na doutrina jusnaturalistas dos contratualistas, a exemplo de John Locke (1632 – 1704) e seus contemporâneos. A soberania, porém, se firma no monopólio da força (Max Weber, 1864 – 1919) e no controle territorial.
A angustia, na periferia, é superlativa. O homem simples não é simplório. Sabe que não tem para quem apelar. Sabe que quem comete esbulho de um imóvel não pretende se evadir do local do crime. Toma o imóvel para fazer uso dele e o faz sabendo que ficará impune. Quem pensa que angustia gerada pela impunidade é coisa de gente simplória subestima o problema porque tem para quem apelar. Mas o poder que pode “requisitar” impunimente um imóvel pode fazer o mesmo com uma filha do dono da casa.
Fala-se em educação para conter a criminalidade. É uma medida indispensável, mas de longo prazo. Fala-se em reforma dos códigos penal e processual penal. Mas estados diferentes, com os mesmos códigos, têm desníveis abissais de índices de criminalidade. Fala-se em requisitar as forças armadas para o policiamento. Mas não serão jovens de dezenove anos, dotados de equipamentos inadequados para a função policial e o diminuto efetivo do exército que resolverão o problema, principalmente porque não é por falta de policiamento ostensivo que o crime campeia, mas por falta de polícia judiciária. Esta é que coleta prova para o Ministério Público formular denuncia embasada e o Judiciário condenar, diminuindo a impunidade, fator de estímulo à delinquência. A polícia civil do Ceará tinha, no início dos anos oitenta, mais de três mil efetivos. Hoje está abaixo disso, embora a população tenha crescido substancialmente.
A teoria da janela quebrada identifica como estímulo à transgressão o abandono ou ausência do Estado, na forma de lixo acumulado, ruas esburacadas e impunidade. O discurso de vitimização do criminoso é o fator não debatido. A ideologização do debate confere ares de legitimidade política à conduta antijurídica. Os anos da bolha de consumo, quando se anunciou que milhões de brasileiros haviam deixado a “linha da pobreza”, foram tempos de grande crescimento da delinquência.
O garantismo penal não pode ser confundido com impunidade. Poderíamos limitar as penas restritivas de liberdade aos crimes com violência ou grave ameaça contra a pessoa. Penas pecuniárias e restritivas de direitos não levam às escolas de aperfeiçoamento da delinquência, que também são centros de recrutamento das facções criminosas. Mas bandido precisa temer policial. Policial não pode ter medo de usar dos meios necessários para enfrentar criminosos. Prisões cautelares são previstas na lei para coibir a continuidade delitiva, em nome da ordem pública. Tal não está sendo possível. A situação é desesperadora nas periferias. A restauração da ordem pública seria grandemente favorecida com o estado de sítio nas áreas conflagradas, situação caracterizada pelas matanças e o despejo de famílias das suas residências. A autoridade policial poderia fazer busca e apreensão ou prender cautelarmente. Tais medidas fariam grande diferença.
Fortaleza, 07 de fevereiro de 2018.

Rui Martinho Rodrigues

Conferência: "Dicionários, o sem-fim e as fronteiras do conhecimento"





Os termos constantes dos assuntos dos e-mails não são acentuados porque alguns servidores não reconhecem a acentuação gráfica.
Para receber nossa programação, é importante que o interessado adicione nosso e-mail academia@academia.org.br à sua lista.
A Academia Brasileira de Letras respeita a privacidade do usuário, é contra o spam e não repassa endereços cadastrados.
Esperamos que você tenha apreciado nossa programação.
Caso não queira mais receber nossos e-mailsconfirme aqui o cancelamento.
No caso de dúvida, reclamação, ou solicitação utilize o fale conosco.

AO ESCRITOR EDUARDO PORTELA Gratidão e saudade da UBE RJ


UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES RJ -  UBE RJ 
Fundada em 27 de agosto de 1958 
Integrante da Federação 
Latinoamericana de Sociedade de Escritores

Rio de Janeiro, RJ, 2 de maio de 2017.
AO ESCRITOR EDUARDO PORTELA
Gratidão e saudade da UBE  RJ
 
 
  O Brasil perde um dos mais ilustres escritores da atualidade. Eduardo Portela foi um Intelectual de grande estatura. Professor, membro da Academia Brasileira de Letras  -  ABL publicou inúmeros livros. Ex-ministro da Educação e Cultura onde se houve com grande brilhantismo, ocasião em que cunhou a frase inesquecível :
“Não sou Ministro. Estou ministro”. 

  
Não deixaria de destacar sua presença na fundação da União Brasileira de Escritores (UBE RJ). 
Participou da primeira Diretoria eleita, sob a presidência do ilustre Acadêmico Peregrino Júnior. 
  
Ao lado de Jorge Amado, Osório Borba, Dinah Silveira de Queirós e Stella Leonardos.
  Ao ilustre companheiro Eduardo Portela a imensa gratidão dos ubeanos.
  Registramos aqui nossa saudade.

   Juçara Valverde - Presidente

Índice Nacional da Construção Civil varia 0,27% em janeiro

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo IBGE, apresentou variação de 0,27% em janeiro, ficando 0,09 ponto percentual (p.p.) acima da taxa de dezembro de 2017. O acumulado nos últimos doze meses ficou em 3,71%, resultado pouco abaixo dos 3,82% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Em janeiro de 2016 o índice foi 0,38%.
O custo nacional da construção, por metro quadrado, que em dezembro de 2017 estava em R$ 1.066,68, passou em janeiro para R$ 1.069,61, sendo R$ 547,70 relativos aos materiais e R$ 521,91 à mão de obra.
A parcela dos materiais apresentou variação de 0,50%, subindo 0,36 ponto percentual tanto em relação a dezembro de 2017 como em relação a janeiro de 2017 (ambos com índice 0,14%).
Já o valor da mão de obra apresentou variação de 0,04%, caindo 0,18 ponto percentual em relação a dezembro de 2017 (0,22%). Comparando com janeiro de 2017, (0,64%), a variação fica ainda mais evidente, uma vez que, naquele mês, foram firmados três acordos coletivos, frente ao único firmado em janeiro de 2018.
Os acumulados em doze meses ficaram em 2,98% (materiais) e 9,45% (mão de obra), respectivamente.
LinK

--
Supervisão de Documentação e Disseminação de Informações
Unidade Estadual do IBGE no Ceará
(85) 3464-53-67/3464-53-12/3464-53-11

APOIE A CRIAÇÃO DO Programa de Recuperação do Trecho Ferroviário Mauá-Fragoso

APOIE A CRIAÇÃO DO

Programa de Recuperação do Trecho Ferroviário Mauá-Fragoso,
da E. F. Mauá, a primeira do Brasil,
no Município de Magé/RJ.

​​
ATRAVÉS DO LINK DO SENADO FEDERAL
​​


Precisamos de 20 mil apoios no site para que o assunto seja abordado na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal.

Só serão considerados válidos os apoios registrados no site do Senado Federal, por isso, não deixe de apoiar a iniciativa no link acima.

Abaixo assinados e petições on-line não serão computados. Apenas o apoio expresso na página oficial do Senado Federal.

Acesse

e apoie e recuperação da primeira estrada de ferro do país.

Para saber mais sobre a situação da primeira estrada de ferro do país, assista aos vídeos:

Enviei esta mensagem para seus amigos.
Divulgue em suas redes sociais.

Antônio Seixas

--
Atenciosamente,

Antonio Pastori - (21) 99911-8365

Vice-Presidente no exercício da presidência da AFPF - Associação Fluminense de Preservação Ferroviária, Quadriênio 2015/2018

Assine o nosso manifesto pela volta do trem Rio-Petropolis em:


Para sair grupo, envie um e-mail para
afpf.rj@gmail.com solicitando a exclusão.
 

IBGE prevê safra 6,0% inferior à de 2017

A primeira estimativa de 2018 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas totalizou 226,1 milhões de toneladas, resultado 6,0% inferior ao obtido em 2017 (240,6 milhões de toneladas), representando uma redução de 14,5 milhões de toneladas. Em relação ao 3º prognóstico da safra 2018, divulgado em janeiro (224,3 milhões de toneladas), a estimativa da produção aumentou 0,8%. Arroz, milho e soja, os três principais produtos deste grupo, somados, representaram 92,8% da estimativa da produção e respondem por 86,8% da área a ser colhida.
Estimativa de Janeiro para 2018226,1 milhões de toneladas
Variação safra 2018 / safra 2017-6,0% (-14,5 milhões de toneladas)
Variação safra 2018 / 3º prognóstico 2018+0,8% (+1,8 milhão de toneladas) 
Em relação ao ano anterior, houve acréscimo de 2,0% na área da soja e reduções de 7,1% na área do milho e de 3,3% na área de arroz. Quanto à produção, devem ocorrer decréscimos de 2,2% para a soja, 13,8% para o milho e 5,7% para o arroz.
A publicação completa, a série histórica e a apresentação estão à direita dessa página.
Link

Dados Ceará em anexo.
--
Supervisão de Documentação e Disseminação de Informações
Unidade Estadual do IBGE no Ceará
(85) 3464-53-67/3464-53-12/3464-53-11

COLUNA DO VICENTE ALENCAR Nº 1222. SEXTA-FEIRA, 09 DE FEVEREIRO DE 2018

COLUNA DO VICENTE ALENCAR Nº 1222.
SEXTA-FEIRA, 09  DE  FEVEREIRO  DE  2018

FORTALEZA - CEARÁ - NORDESTE
BRASIL - AMÉRICA DO SUL

- Nós somos sul americanos.


DENGUE - O MOSQUITO AEDES aegyPTi PODE LEVAR VOCÊ A MORTE - ELE CONTINUA PICANDO E LEVANDO A DOENÇA A MAIORIA DOS LARES BRASILEIROS - Existe Ministério da Saúde no
Brasil?

ATENÇÃO! OUÇA O PROGRAMA VICENTE ALENCAR - EDUCAÇÃO, CULTURA  E  ESPORTE.
Nesta SEXTA-FEIRA, dia 9 - das 22 às 23 horas, pela Rádio Assunção Cearense AM 620 o Programa Vicente Alencar - Educação, Cultura e Esporte, com coordenação de Emanuela Cavalcanti. Assessoria Jurídica: Izete Alencar. Studio: João Vieira. Técnica: Jansen Carlos.

Apoio Cultural do
Colégio Maria Ester (O Colégio que
ensina o aluno a estudar e vencer na vida), 
B & Q Energia,
Casa de Livros Usados O GERALDO 
e Associação de Rádio Ouvintes do Ceará-AOUVIR.


ÁLCOOL - a porta de entrada de todos os vícios.

2018 - ANO DO CENTENÁRIO DO FORTALEZA ESPORTE CLUBE (Fundado em 18 de Outubro de 1918).
É bom lembrar:

Não esqueçam: O ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) denominou todos os aposentados do Serviço Público de "Vagabundos". Por sinal ele também é aposentado. E conseguiu o Benefício  antes dos 50 anos. É sempre bom lembrar.


"SORRIA - O SEU SORRISO É O PASSAPORTE DE SUA ALMA PARA QUE A FELICIDADE SEJA COMPLETA" (JORNALISTA E RADIALISTA VICENTE ALENCAR).


AGENDA CULTURAL

Mês de Fevereiro


PRÊMIO IDEAL CLUBE
DE LITERATURA JOSÉ TELLES.
Inscrições até o dia 23 de Fevereiro.
Contatos dos interessados com a Secretaria do clube.

Dia O9 -  SEXTA-FEIRA - HOJE.
17 às 21 horas
CENTRO CULTURAL JADER DE CARVALHO
Av. Beira Mar - em frente 
a Sorveteria 50 sabores.
Exposição de Livros Espíritas.
Coordenação:  Clélio Cavalcante e Parente Junior.
PS. Visite o Centro Cultural Belchior durante o Dia. Lá você encontrará  a Sala Chico Xavier.

DIAS 10 (Sábado), 10 (domingo), 11 (segunda), 12 (terça) - CARNAVAL.

DIA 14 - QUARTA-FEIRA:
CINZAS.

DIA 16 - SEXTA-FEIRA:
Reunião da SOCIEDADE CEARENSE
DE GEOGRAFIA E HISTÓRIA.
Horário:
16 horas (sem atrasos).
Palestra do Arquiteto Henrique Braga.
Local: Casa de Cultura Juvenal Galeno.
Rua General Sampaio, 1128.

DIA 17 - SÁBADO
Reunião da
ACADEMIA IPUENSE DE LETRAS, CIÊNCIAS E ARTES - AILCA.
Local: Academia Cearense de Letras - Palácio da Luz - Rua do Rosário, 1. Centro.
Horário: 9 horas e 30 minutos.

DIA 17 - SÁBADO:
Reunião da ACADEMIA DE LETRAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO CEARÁ - ALMECE.
Horário:
9 horas e 30 minutos às 11 horas e 60 minutos.
Local: CASA DE CULTURA JUVENAL GALENO.
Rua General Sampaio, 1128.
PS. Lançamento do Premio Literário Escritor Lima Freitas pelo Presidente Vicente Alencar.

DIA 17 - SÁBADO:
Reunião da ACADEMIA CEARENSE
DE CULTURA E ARTE-ACCA.
Local: Restaurante Casa do Pastel.
Horário: 16 horas.
Assuntos administrativos com a Diretoria.

DIA 22 - QUINTA-FEIRA
Reunião da 
ACADEMIA CEARENSE DE MÉDICOS ESCRITORES.
Local: Salão Macambira - Ideal Clube
Horário: 19 horas
Presidência: Acadêmico José Maria Chaves..

DIA 23 - SEXTA-FEIRA:
Lançamento do livro do Jornalista Silvio Carlos.
Título: Histórias do Papa.
Horário: 19 horas.
Local: Restaurante SIRIGADO-COUNTRY.
Av. Barão de Studart, 835 - Aldeota.
Telefone: 3261.7272.

DIA 23 - SEXTA-FEIRA:
Posse do Acadêmico Régis Frota como
Presidente da Academia Municipalista de Letras.
Horário: 19 horas.
Local: Academia Cearense de Letras
(Palácio da Luz)
Rua do Rosário, 1, Centro.

DIA 24 - SÁBADO:
O GRANDE ABRAÇO AO NÁUTICO  ATLÉTICO CEARENSE.
Horário: a partir das 9 horas da manhã na sede do clube.
Convocação: Defensores e Defensoras do Náutico.
"O Náutico não pode ser vendido, principalmente para estrangeiros".

Atualize-se na luta contra a venda do Náutico:
whatsapp (85) 9.9662.2120.
acesse a página www.faceboock.com/defensoresdonautico/

O CRIME NO BRASIL TEM MUITO APOIO - LAMENTÁVEL

"O crime no Brasil é diariamente louvado pelo Rádio e pela Televisão, através de suas Redes Nacionais. Na Educação, na Ciência e na Cultura, isso não ocorre. Assim nós acompanhamos um Brasil desorganizado, atrapalhado, sem homens inteligentes em seu comando. Temos pessoas que deveriam dirigir talvez um Motel ou uma Casa de Jogo, nunca o Brasil" (Jornalista e Radialista Vicente Alencar).

                              ATENÇÃO!

NÁUTICO ATLÉTICO CEARENSE - o clube
que não pode ser 
assassinado.

LEMBRE-SE:
O NÁUTICO NÃO PODE SER VENDIDO. É
UM PATRIMÔNIO DA SOCIEDADE CEARENSE.
UNA-SE AO MOVIMENTO NÁUTICO URGENTE.
Aderbal Aguiar Junior espera sua adesão.

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE 
RADIALISTAS DE TURISMO - ABRRATUR 
lembra as autoridades:

- É necessário mandar recuperar com urgência a Praça Voluntários da Pátria localizada no Centro da Cidade onde estão  entre outros os prédios da Secretaria de Polícia e do Palácio Iracema, onde funciona a Secretaria de Finanças do Município. A Praça está uma pocilga, toda estragada e lotada de lixo. Uma pena que a 5a Capital do Brasil suporte uma coisa assim.
       
ATENÇÃO! NASCERAM EM 1918 e estamos comemorando este ano os seus Centenários os seguintes cearenses ilustres:

- Aluísio Caldas Medeiros (Poeta).
- Gisela Ida Marie Paschen Schimmelpfeng (Escritora nascida em Belém - morou durante muitos anos em Fortaleza).-
- Ari de Sá Cavalcante (Professor).
- Hilma Montenegro  (Escritora).
- Nenzinha Galeno (Escritora).

1918 - ANO DO CENTENÁRIO DE FUNDAÇÃO DO FORTALEZA ESPORTE CLUBE (18 de Outubro de 1918).

ATENÇÃO!
BEBIDA NOS ESTÁDIOS JAMAIS!

Fortaleza continua sendo a Capital do Lixo, e, por isso mesmo agora chamada de FORTALIXO.  É grande o descaso no campo da limpeza.

O TROVADOR CEARENSE
(União Brasileira de Trovadores,
UBT FORTALEZA).

Quando eu morrer bem velhinha,
coloquem no meu caixão
um caderno de modinha
um sonoro violão.
Cléa Campelo, de Pentecoste.

Se a revolta me alucina
e a solidão me consome, 
a saudade sempre assina
seu nome sobre o meu nome!...
Lêda Costa Lima, Fortaleza.

Que o deus Menino Jesus
nos transmita muito amor,
neste milênio de luz,
com muita paz e fulgor.
Ione Arruda Gomes, Fortaleza.

Não se deve ser descrente 
no momento de uma dor,
pois um Deus dentro da gente,
nos mostra a força do amor.
Ideusmar Faheina Chaves, Fortaleza.


"ACREDITE NO BRASIL,
todos os salafrarios que ocupam cargos de mando vão morrer, todos, nenhum ficará para contar a história, pois até hoje, todos os anteriores morreram... e no mundo todo!!"
(a) Jovino Nunes de Alencar, 87, aposentado as minhas custas.
Até a próxima EDIÇÃO.
Não esqueça: Os tempos mudarão!

AMOR À PRIMEIRA VISTA- Deusdedit Rocha

ACADEMIA CEARENSE DE POESIA 
Fundada em 05 de novembro de 2004
          Fortaleza - Cerará - Brasil

8 de Fevereiro de 2018


AMOR À PRIMEIRA VISTA
Deusdedit Rocha
(Do Clube dos Poetas de Fortaleza)

Sem usar da vã conquista
nem do ciúme perverso,
amei a primeira vista
Terça-Feira em Prosa e Verso

Quanta coisa eu aprendi
neste pequeno universo;
me refiro ao mundo de 
Terça-Feira em Prosa e Verso

Bom amigo não despreza
outro no tempo adverso;
bom poeta é o que preza
Terça-Feira em Prosa e Verso

Não sou página virada
nem tampouco o seu reverso,
mas parte da decantada
Terça-Feira em Prosa e Verso

na terça eu canto, declamo,
com todo mundo converso;
por causa disso é que eu amo
Terça-Feira em Prosa e Verso.

Não esqueça:
Vivemos uma CRISE POLÍTICA E MORAL.
PRECISAMOS da Garantia da Lei e da Ordem.









LEIA E PRESTIGIE OS AUTORES BRASILEIROS


quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

VOO ACROBÁTICO Sérgio Macedo - Poeta Cearense

VOO ACROBÁTICO
Sérgio Macedo
- Poeta Cearense

A vida se assemelha ao voo acrobático,
Em sua essência, em sua origem,
Em seus riscos.


A vida é monomotor
Usa um combustível raro chamado espírito
Executa-se em um universo chamado alma.


A vida foi criada para a guerra
Usa os loopings, para, de surpresa
Perseguir os que a perseguem,
Usa os tunneaus e rolls para se livrar
Da permanente artilharia pesada
Tida em seu curso, em voo.


Nos rasantes, observa a terra
A lhe servir de adorno, mais tarde.
No rasante de dorso, observa em detalhes o que há de vir, risco alto
Quando ataca, retorno rápido é necessário para nova ação
O hammer head é a forma de parar e retroceder de cima para baixo,
Partindo de velocidade zero e começando novo ataque.


As vezes, entretanto, entramos em
Parafuso acidental
É preciso a prudência, que só a experiência dá
Para a saída correta, sem a ilusão desorientada de outra rotação

Um jumpt bump reverso ou normal
Traz-nos de volta para baixo,
Provavelmente nos tirando   de fantasias ocasionais
Mostrando que a gravidade ainda é lei maior.

Finalmente, precisamos pousar íntegros e completos
Os voos, assim como a existência, tão semelhantes, continuam



No dia 7 de fevereiro de 2018 às 16:11, vicente alencar escreveu: